São Tomé das Letras declara estado de calamidade financeira.

Na última segunda-feira, dia 05 de novembro, o prefeito Tomé Alvarenga decretou estado de calamidade financeira do município de São Tomé das Letras.
Na mesma linha de outros municípios, o prefeito editou o Decreto visando chamar atenção do Estado e do Governo Federal para a situação drástica que o Município se encontra, em razão dos repasses não realizados ou realizados parcialmente.
Além disso, o prefeito decretou algumas medidas que foram discutidas com a Câmara, para contenção de gastos.