Departamento de Saúde de São Tomé das Letras informa sobre SUSPEITA de Febre Amarela.

Departamento de Saúde de São Tomé das Letras informa

sobre SUSPEITA de Febre Amarela.
A Prefeitura Municipal vem a público por meio desta esclarecer os boatos de casos de febre
amarela na cidade, que estão circulando pelas redes sociais na internet.
Confirmamos que três primatas foram encontrados mortos na região do Cantagalo nas
seguintes datas (01/11- 29/11- 27/12/17). Em um deles foi feito análise pela Vigilância
Sanitária de Varginha e o resultado foi NEGATIVO (não constatando Febre Amarela, Dengue ou
Chikungunya). Os outros dois não foi possível por já estarem em estado de decomposição.
Desde este período a equipe da saúde passou a intensificar a vacinação e está promovendo
visitas de conscientização e vacinação nas residências da zona rural.
Foram realizadas duas campanhas até o momento. Dia 06 de janeiro na praça da matriz e 20
de janeiro no bairro do Sobradinho.
Outra preocupação exposta nas redes sociais é sobre o falecimento de um turista, da cidade de
São Paulo-SP, que passava uma breve temporada na cidade. O paciente deu entrada na
Unidade de Saúde no dia 13/01(permaneceu em observação e não demonstrando melhora foi
encaminhado ao hospital São Sebastião em Três Corações, onde veio a falecer no dia 17 de
janeiro).
Podemos salientar que ele era portador de uma doença auto-imune, porém, o departamento
de saúde municipal se reserva no direito de não informar o conteúdo da ficha de atendimento
do mesmo.
Os primeiros exames feitos no paciente segundo laudo preliminar da FUNED deram Negativo .
Estamos aguardando o resultado final dos exames pela (FUNDAÇÃO EZEQUIEL DIAS) –
Instituto de Pesquisas Científicas de Belo Horizonte- MG , para confirmação ou exclusão da
SUSPEITA de febre amarela neste paciente.
Informamos que a vacina da Febre Amarela está disponível na Unidade de Saúde Dr. Paulo
César de Oliveira e são administradas de Segunda a Sexta-Feira das 7:00h as 16:00hs. A dose é
única e a pessoa fica imunizada 10 dias após tomar a vacina. É necessário levar o cartão do SUS
ou documento oficial com foto e carteira de vacinação.
ASCOM STL (Assessoria de Comunicação Prefeitura de São Tomé das Letras)